quarta-feira, 21 de abril de 2010

Dia 19 - VENHA A NÓS O VOSSO REINO

Quarta-feira é dia do nosso Evangelho.


Por Meimei
Assim rogou Jesus ao Pai sabendo que só o Plano de Deus pode conceder-nos a verdadeira felicidade.
Mas o Mestre não se limitou a pedir; 
ele trabalhou e se esforçou para que o reino do Céu encontrasse as bases necessárias na Terra.
          Espalhou com as próprias mãos, as bênçãos da paz e da alegria, a fim de que os homens se fizessem melhores.
Uma locomotiva não corre sem trilhos adequados.

Um automóvel não avança sem a estrada que lhe é própria. 

Um prato bem feito precisa ser preparado com todos os temperos necessários. 

Assim também o auxilio celeste reclama o nosso esforço É sempre indispensável purificar o nosso sentimento para recebe-lo e difundi-lo. 

Sem a bondade em nós, não poderemos sentir a bondade de Deus.

Se rogamos a graça divina, preparemos o sentimento para entendê-la e manifestá-la, a fim de que a felicidade e a harmonia vivam conosco.
           
O reino de Deus é AMOR e só pelo AMOR brilhará para sempre entre os homens.


LIÇÃO DE BONDADE
          Quando Jesus entrou vitorioso em Jerusalém, montado num burrico, eis que o povo alvoroçado, vinha vê-lo e saudá-lo na praça pública. 


Muitos supunham que o mestre, seria um dominador igual aos outros e bradavam

          _Glória ao Rei de Israel!...

          _Abaixo os romanos!...

          _Hosanas ao vencedor!...

          _Viva o filho de Davi!... Viva o Rei dos Judeus!... 

E atapetavam a rua com flores e palmas tapetes e folhas aromáticas por onde o Salvador deveria passar.

O Mestre, parecia cansado e triste. Essa alegria ruidosa do povo não era o tipo de felicidade que ele desejava.

Ia assim em silêncio quando linda jovem se destacou na multidão e lhe entregou uma braçada de rosas, exclamando: 

Senhor, ofereço-te estas flores para o reino de Deus.
          Jesus, fitou-a com os olhos cheios de luz e indagou: 

Queres mesmo servir o Reino de Deus?

Ajude-me a proteger o burrico que me serve, trazendo-lhe um pouco de capim e água fresca. 

A jovem, atendeu prontamente e começou a compreender que na edificação do Reino Divino, Jesus espera de nós, acima de tudo, a bondade sincera e fiel do coração.



FÉ E PERSEVERANÇA


          Três rapazes suspiravam por encontrar o Senhor, a fim de fazer-lhes rogativas.

Depois de muitas orações, eis que no campo em que trabalhavam, apareceu-lhes o carro do Senhor, guiado pelos anjos.

O Divino amigo, pôs-se a ouvi-los. Os três ajoelharam-se em lágrimas de júbilo e o primeiro implorou a Jesus, o favor da riqueza. 


O Mestre atencioso, determinou que um dos anjos lhe entregasse enorme tesouro em moedas. 

O segundo suplicou a beleza perfeita e o Celeste Benfeitor, mandou que um dos servidores lhe desse um milagroso ungüento a fim de que a formosura lhe cobrisse o rosto.

O terceiro exclamou com fé: Senhor, eu não sei escolher... Dá-me o que for justo, segundo a tua vontade. 

O Mestre sorriu e mandou que lhe entregassem uma grande bolsa. Em seguida abençoou-os e partiu... O moço que recebera a bolsa abriu-a, ansioso, mas Ho! Desencanto... Ela continha simplesmente uma enorme pedra. 

Os companheiros riram-se dele, supondo-o ludibriado, mas o jovem afirmou a sua Fe no Senhor, levou consigo a pedra e começou a desbastá-la, procurando, procurando...


          Depois de algum tempo, chegou ao coração do endurecido e encontrou ali um soberbo diamante. 

Com ele adquiriu grande fortuna e com a fortuna construiu uma casa onde os doentes pudessem encontrar refugio e alivio em nome do Senhor. 

Vivia feliz, cuidando de seu trabalho, quando um dia, dois enfermos bateram a porta. 

Não teve dificuldade em reconhecer, eram os dois antigos colegas de oração, que haviam-se com o ouro e a beleza, adquirido apenas doenças e cansaço, misérias e desilusões. 

Abraçaram-se chorando de alegria e, nesse instante, o Divino Amigo apareceu entre eles e falou: 
Bem aventurados todos aqueles que sabem aproveitar, as pedras da vida, porque a fé e a perseverança no bem, são os dois grandes alicerces do Reino de Deus.

Na próxima quarta continuamos com: 
SEJA FEITA A TUA VONTADE. ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU

Abraços fraternos do bom velhinho. 

Um comentário:

Laura disse...

Abraçaram-se chorando de alegria e, nesse instante, o Divino Amigo apareceu entre eles e falou:
Bem aventurados todos aqueles que sabem aproveitar, as pedras da vida, porque a fé e a perseverança no bem, são os dois grandes alicerces do Reino de Deus.
Papai Noel estou muito feliz! As leituras do Evangelho tem me ajudado muito a ser mais firme na minha caminhada para o bem.
Jesus te ilumine e proteja.
Abraços Laura Maia, sua fã.